sábado, 13 de agosto de 2011

Contra a mercantilização dos dias dos pais!

Protesto contra a mercantilização do dia dos pais. Dia dos pais (das mães, dos amigos) é todo dia! O amor dos nossos pais não está nas vitrines, nas embalagens coloridas, nas parcelas dos cartões de crédito. Protesto contra o sistema que se apodera até dos sentimentos e os coloca à venda, expostos na Tv, na internet, nos jornais. Eu simplesmente, com a fraca força que tenho agora, protesto contra esse sistema infeliz e oportunista, contra essa sociedade que embala o amor! Há 2 anos e quase 4 meses eu não posso mais dedicar meu melhor sorriso, meu maior abraço, meu beijo carinhoso nesse dia... Talvez daí venha a minha inquietação pra que esse dia passe logo... aí, só no ano que vem terei que enfrentar essa nova "tortura".
Não comprem presentes, não empacotem o amor, não desistam do simples e belo abraço, beijo...
Eu odeio todas essas propagandas imbecis que induzem  as pessoas, que desviam o verdadeiro significado desse dia. Eu protesto desde sempre, protestarei!

Um comentário:

Thiii disse...

Uma palavra "Consumismo". Isso vêm de tempos e somente com consciência para perceber não somente essa data, como as demais datas, foram utilizadas como meios para o bem material. E cada vez mais se percebe que isso é obrigatório e por muitas vezes quando não cumprimos nosso papel de consumidor, somos taxados de diversos outros significados atribuídos sem usar o intelecto... Estamos parecendo animais. Culpa do melhor meio de comunicação que já foi criado, vos apresento a Televisão. Talvez somente na sua dor que você tenha percebido isso, pelo menos com essa dor, você ganhou algo que já tinha, mas só talvez não tinha percebido como era grande. O amor pelo seu pai; infelizmente é somente em momentos de climax que percebemos como são as coisas, talvez naquele dia a felicidade era maior e nos fez ver, talvez a tristeza era tão profunda que acabei por ver la no fundo o que jamais tinha visto. É talvez somos assim...